segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

 O governo liderado por nós, do Partido dos Trabalhadores, tem um compromisso histórico em defender o povo brasileiro e a soberania nacional.

Jhonathan Lima
O mundo vive em constantes transformações políticas, econômicas, culturais, sociais etc. O nosso país e todo o povo brasileiro vem vivenciando o melhor momento de suas histórias. O Brasil desde a chegada à presidência do companheiro Lula, em 2003, o país, pode, de fato experimentar transformações sociais que modificaram substancialmente o modo de vida dos brasileiros. As menores taxas de desemprego da história, investimentos em infraestrutura e em programas sociais de transferência de renda dentre outros, que colocaram o Brasil em um patamar que em um passado recente era inimaginável, pois a cultura de governo elitista que governava o país, para apenas uma pequena parcela da nossa população, tinha uma postura de subserviência, de baixo clero, frente  aqueles em que eles (governantes da época) chamavam de países de primeiro mundo.                                


Através de uma democracia sólida, conseguimos conquistar a confiança do povo brasileiro e por em prática o nosso projeto de um governo democrático e popular, que está há 10 anos a frente do país, que trouxe de volta o sorriso ao rosto dos brasileiros, recuperando nossa auto estima que outrora fora vendida ao FMI e aos banqueiros. O governo liderado por nós, do Partido dos Trabalhadores, tem um compromisso histórico em defender o povo brasileiro e a soberania nacional. Nós ávidos combatentes do coletivo Para Tod@s, reafirmamos nosso compromisso em defender esse projeto em curso, guiado pela Presidenta Dilma Rousseff, mas defender não significa ser omisso, devemos cobrar e propor na hora certa, mais avanços na Educação, na Saúde, na Economia e mais políticas de Desenvolvimento Social, para que possamos conduzir a cada novo dia um Brasil mais forte, que tenha no povo brasileiro seu maior ativo de progresso, combatendo com veemência a visão arcaica, elitista e reacionária dos partidos de oposição e seus aliados, a exemplo da grande mídia, banqueiros e alguns setores religiosos.
Se o Brasil é hoje um país respeitado no mundo, e um dos poucos que consegue crescer à luz da grande crise internacional. Que aterroriza a União Europeia e os Estados Unidos, elevando à taxas altíssimas de desemprego e  medidas rigorosas de austeridade fiscal, em que a maior parte desta carga esta sob os ombros juventude daqueles países. Deve-se a nossa estratégia econômica de buscar novos parceiros comerciais e ao grande investimento no povo brasileiro, que possibilitou uma economia sólida e pujante e no caminho certo.
 
Devemos ir às ruas, aos guetos, às escolas, às faculdades, às universidades, grupos juvenis e organizações da sociedade civil, aos pais e mães chefes de família dialogar os avanços do nosso governo a frente do país e trazer para o debate propositivo e construtivo deste novo Brasil todos os atores e atrizes sociais destes e de outros espaços. Disseminar nossas políticas de governo que possibilitaram o acesso e a permanência de jovens e adultos ao Ensino Superior, a expansão do ensino técnico através dos Institutos Federais, os investimentos que possibilitaram a ascensão social de mais de 40 milhões de brasileiros a um novo patamar social de vida, projeto popular este que modernizou, aumentou e melhorou o atendimento no Sistema Único de Saúde, que através os investimentos em infraestrutura e com uma economia respeitada gerou milhões de empregos, onde hoje é possível dizer que  vivemos um ciclo de pleno emprego, onde praticamente só esta desempregado quem quer com taxa de 5,6% (IBGE).   
 
Reconheceu a importância da juventude, como mola propulsora ao desenvolvimento da nação, fez investimentos que deram condições aos jovens dos quatro cantos do país, independentes de sua cor, raça, crédulo, gênero, opção sexual e quais quer outras formas de distinção, o direito de sonhar e poder realizar o sonho de um futuro melhor, mais digno e justo, social, emocional, econômico, cultural e demais outros aspectos inerentes ao pleno desenvolvimento humano.  Com investimentos em políticas de afirmação para setores que antes claramente eram oprimidos e altamente discriminados, hoje podemos vivenciar uma melhora, mas ainda há muito chão a percorrer, pois, persiste infelizmente em alguns setores da sociedade que baseados em verdades dogmáticas insistem em um preconceito perverso, que destrói sonhos e famílias e ter a esperança de que no futuro poderemos conviver em uma sociedade que consiga respeitar suas diferenças e torna-las disso, não um motivo de segregação, mas sim um motivo para a descoberta de novas experiências. 
 
Com a certeza de que nós somando forças, somos capazes de superar todos os desafios, não nos retiraremos da luta jamais, pois a certeza da vitória nos faz continuar em busca de mudar corações e mentes e plantarmos flores que desabrochem a esperança, por que nossa causa chama-se Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário