sábado, 2 de março de 2013

EM CLIMA DA JORNADA DE LUTAS, UNE REALIZA 61º CONEG


Evento ocorre de 8 a 10 de março em São Paulo, reunindo DCEs, UEEs e executivas de cursos de todo o país

Durante a preparação para a grande Jornada de Lutas unificada da juventude brasileira, construída por estudantes e por jovens representantes de diversos movimentos sociais, a UNE promove, entre os dias 8 e 10 de março, o seu 61º Conselho Nacional de Entidades Gerais (CONEG). O encontro é um dos principais fóruns de deliberação do movimento estudantil brasleiro.
A expectativa é de que o CONEG reúna no auditório da Universidade Paulista – Campus Paraíso – quase mil estudantes, entre eles as principais lideranças de Diretórios Centrais, UEEs, Executivas de Curso e observadores.


MERCADANTE PEDE APOIO DA CÂMARA PARA VINCULAÇÃO DOS ROYATIES DO PETRÓLEO PARA A EDUCAÇÃO


Ministro solicitou mais agilidade nas votações

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, defendeu na última quinta-feira (28/2), após visita ao presidente da Câmara, deputado Henrque Eduardo Alves (PMDB-RN), a aprovação da Medida Provisória (MP) 592 que destina os recursos dos royalties do petróleo para a educação. Mercadante também pediu a Alves prioridade para votações de medidas provisórias e de projetos de interesse da sua pasta como o de formação de professores, que está pronto para ser votado.

A MP ainda está sendo discutida pela comissão mista do Congresso Nacional e tem como relator o deputado Carlos Zarattini (PT-SP). Zarattini foi o relator de projeto de lei, originário do Senado, sobre a distribuição dos royalties. Na véspera da votação, a pedido do governo ele incluiu no seu substitutivo a destinação de parte dos recursos dos royalties para a educação, mas seu projeto foi rejeitado e aprovado o texto do Senado. Como parte do projeto recebeu vetos, o governo editou a MP destinando os recursos para a educação.

CONEG: ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EM FOCO


Tema fará parte de debates e seminários em um dos principais fóruns de deliberação do movimento estudantil

O acesso estudantil à universidade está em crescente expansão, e com processos mais democráticos para o ingresso dos estudantes. Lei de cotas, ampliação das universidades federais e programas de bolsas em universidades privadas como o Prouni vêm contribuindo para esse acontecimento. Contudo, o investimento em políticas que assegurem a permanência do estudante nas instituições de ensino mostra-se insuficiente nesse novo cenário.



"Democratização da mídia é urgente e inadiável"

 
Clique aqui para ler a íntegra.

O Diretório Nacional do PT, reunido em Fortaleza nos dias 1 e 2/3/2013, levando em consideração:

1. A decisão do governo federal de adiar a implantação de um novo marco regulatório das comunicações, anunciada em 20 de fevereiro pelo Ministério das Comunicações;

2. A isenção fiscal, no montante de R$ 60 bilhões, concedida às empresas de telecomunicações, no contexto do novo Plano Nacional de Banda Larga;

3. A necessidade de que as deliberações democraticamente aprovadas pela Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), convocada e organizada pelo governo federal e realizada em Brasília em 2009 — em especial aquelas que determinam a reforma do marco regulatório das comunicações, mudanças no regime de concessões de rádio e TV,adequação da produção e difusão de conteúdos às normas da Constituição Federal, e anistia às rádios comunitárias — sejam implementadas pela União;

Comemorando 25 anos Secretaria da JPT realiza Conselho Político 2013

O resultado deste encontro foi a construção da agenda de mobilização e ação política da JPT neste ano. Foram realizados debates, sobre o balanço da década, reforma política, mobilização social, integração latino americana e politica publica de juventude.


Secretários e Secretárias de Juventude do PT dos 27 estados do país, dirigentes nacionais da JPT, representações da CUT, MST, Marcha Mundial de Mulheres, ABGLT, CNTE, Conselho Nacional de Juventude, Instituto Lula, Fundação Perseu Abramo, Juventude Negra 13, Direção Nacional do PT, Direção Estadual do PT de São Paulo e convidados internacionais da JPSUV(Venezuela), La Campora(Argentina) e da Alianza Pais(Equador) estiveram reunidos nos últimos dias 21 a 24 de fevereiro no Conselho Político da JPT.