sexta-feira, 24 de maio de 2013

Defendemos 100% dos Royaties do Petróleo para a Educação




Por: Jhonathan Lima

Jhonathan Lima
O Brasil vem passando por grandes transformações nos últimos anos, o modo de vida dos brasileiros evoluiu, milhões de pessoas ascenderam a novas classes sociais, tiveram acesso a bens de consumo, realizaram o sonho da casa própria e em especial os jovens puderam realizar o sonho de ingressar na Universidade.

Esse grande momento da nossa história, deve-se a grandes investimentos realizados pelo Governo Federal em obras estruturantes e novas posturas no mercado comercial, que possibilitou a geração de empregos, o investimento em programas de transferência de renda que possibilitaram alavancar a economia e fazer do Brasil hoje uma das principais e mais sólidas economias do mundo. O desenvolvimento de uma nação pode e deve ser mensurado a partir dos investimentos em educação. Nos últimos anos o Brasil conseguiu avançar e quebrar barreiras históricas no que tange a expansão e o acesso as Universidades e os cursos de formação técnica. Programas como o REUNI, que expandiu as Universidades Federais, abrindo assim novas vagas, sobretudo no interior do país, a  criação de novos Institutos Federais (IF's), programas de acesso e permanência – FIES e PROUNI – Sistema de Seleção Unificada – SISU – que permite ao estudante concorrer a diversas vagas nas mais diferentes IES do Brasil, o programa de cotas sociais, que possibilita aos estudantes das camadas sociais inferiores concorrerem de igual à igual nos processos de seleção e que tem se mostrado extremamente eficaz, pois o índice de evasão dos estudantes cotistas, são bem inferiores aos não cotistas, dando assim novas cores, rostos e sonhos aos albúns de formatura, programas de bolsa de estudos aos alunos selecionados por cotas sociais, que permitirá ao estudante poder custear seus estudos.

O Brasil tem muito ainda a avançar e mais ainda para investir!. A Descoberta do petróleo, na camada do pré-sal e os investimentos que poderão ser feitos a partir da exploração dessa riqueza, será um “divisor de águas” na história do nosso país. O Coletivo Flores de Maio defende ampla e irrestritamente o investimento de 100% dos Royaties gerados pela exploração do petróleo na educação, para que possamos investir no desenvolvimento integral da pessoa humana, rompendo com as amarras de uma cultura elitista, conservadora e reacionária que ainda insiste em querer oprimir os negros, as mulheres, os jovens, os trabalhadores. Investir em educação é resolver os problemas de exclusão social, garantir uma nova perspectiva de vida, é poder dar aos cidadãos o direito de escolha, o direito de sonhar e poder realizar sonhos. Estes investimentos em educação será possível novos e melhores programas ao desenvolvimento da Educação no país, uma verdadeira revolução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário